quinta-feira, 20 de agosto de 2009

para ouvir… Fiore de Lino

Já há algum tempo que não se colocava música apenas instrumental na etiqueta para ouvir aqui no blog.

A peça que se segue é baseada no tema popular italiano “Fiore de Lino” que se encontra no livro “Canti della campagna romana” de G. Nataletti e G. Petrassi – Ed. Ricordi, 1930.

Joaquim dos Santos utilizou este tema popular e com ele fez variações para uma formação instrumental deveras peculiar. Duas violas d’arco e três violoncelos… A melodia, só por si, é de facto belíssima, é uma boa melodia; mas o trabalho realizado pelo Doutor Santos é igualmente de alto nível e evidencia ainda mais a linha melódica original.

Este trabalho tem data de 30 de Setembro de 2003 e foi realizado a pensar no Quintetto Musikalia que se apresentou na Igreja de Santo António dos Portugueses no dia 20 de Maio de 2004.

Luca Turrisi viola I
Rita Turrisi viola II
Antonio Loporchio violoncelo I
Guido Mascellini violoncelo II
Anna Maria Mastromatteo violoncelo III

Como aconteceu em vários momentos da obra de Joaquim dos Santos, esta peça conheceu uma outra versão; esta para coro a 4 vozes mistas. Tem escrito no final da partitura: Primavera de 1979. Pelo que pude observar, a versão instrumental baseia-se amplamente nesta primeira versão vocal.

Nenhuma das partituras está publicada.

Gravado ao vivo no dia 20 de Maio de 2004 na Igreja de Santo António dos Portugueses em Roma. Registo e edição de som da responsabilidade de Antonio Cenciarelli. Edição do Instituto Português de Santo António em Roma (IPSAR)

Ver na Agenda Cultural IPSAR (Instituto Português de Santo António em Roma)

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Cancioneiro Antológico II – ACAL | Rapsódia Campestre

Capa ACAL II

A ACAL (Associação de Coros da Área de Lisboa) tem editado, desde 1999, a colecção de obras corais polifónicas – CANCIONEIRO ANTOLÓGICO.

Nos 3 volumes figuram obras do Pe. Joaquim dos Santos e já aqui foi referenciado o 3º volume da colecção onde estão publicadas duas canções populares e arranjos sobre canções de José Afonso (Zeca Afonso).

No segundo volume da colecção ACAL, encontra-se publicada a “Rapsódia Campestre”. Esta obra é um conjunto de 8 canções populares recolhidas pelo autor na zona de Cabeceiras de Basto na década de 80. Escreve o autor no original:

As canções que formam esta Rapsódia Campestre foram recolhidas na zona de Basto, tal e qual os antigos as executavam, tanto na melodia como no texto. A par da harmonização para coro, juntei-lhe na altura um complexo instrumental (metais, palhetas e percussão) de que agora se prescinde. Espero, mesmo assim, não terem perdido a candura e o encantamento próprios

J. dos Santos – 1982.

 

O revestimento harmónico destas canções é extremamente singelo. A forma como esta colectânea de canções foi trabalhada, a meu ver, reproduz fielmente os ambientes onde eram cantadas pelos antigos. Por exemplo, na minha leitura pessoal da canção “Ó tia Aninhas”, o autor remete-nos para aqueles trabalhos agrícolas em que homens e mulheres andavam no campo e cantavam em forma de pergunta/resposta. Tal como na canção “Debaixo da Oliveira” que, na minha visão, é uma clara imagem de um dia de bom trabalho onde todos os intervenientes cantaram e trabalharam com primor…

Poderá ouvir excertos da Rapsódia numa gravação não editada e totalmente desprovida de pretensões discográficas! É uma gravação privada (caseira) que funciona apenas como um exercício de alguma diversão por parte do grupo. Independentemente da gravação ela é uma mais valia… poderá dar a ideia do que é a Rapsódia Campestre e até que haja um registo com outras pretensões este é o melhor – mais uma vez, graças ao grupo vocal Ançã-ble.

1. Ó tia Aninhas | 2. Debaixo da Oliveira | 3. Vai de corridoira | 4. Assenta-te aqui António | 5. Segadinha, segadoira | 6. O ratinho | 7. Uma pêra | 8. Uma libra

Powered by eSnips.com

Para adquirir este cancioneiro deve entrar em contacto através do e-mail: irmiranda34@gmail.com (Ivo Reis Miranda)

Cancioneiro ACAL III hiperligação para artigo

Cancioneiro ACAL I

sábado, 15 de agosto de 2009

Ordenação Sacerdotal | Joaquim dos Santos

Joaquim dos Santos

No dia 15 de Agosto de 1962, o jovem Joaquim dos Santos foi ordenado Sacerdote. Faz hoje 47 anos…

A partir deste momento, a sua alma de Sacerdote nunca mais parou de operar nas suas criações musicais…

Com as suas obras fez grande parte da sua pastoral e (música tem este misterioso poder) continua no presente e, certamente no futuro, o seu trabalho pastoral de alto nível… De facto, a sua fé e sua obra granjearam-lhe a eternidade.

Notável ser humano. Joaquim dos Santos…

sábado, 8 de agosto de 2009

Exposição | In Memoriam Joaquim dos Santos | UMinho

Como anteriormente foi abordado neste blog, durante os dias de 11 de Maio a 4 de Julho esteve patente, no Edifício dos Congregados da Universidade do Minho, a interessante Exposição
Biográfica Joaquim dos Santos organizada pelo Curso de Música que tem a direcção da Professora Doutora Elisa Lessa e organizada pela Fundação Bomfim-Companhia da Música. Exposição com o importante apoio da Direcção Geral das Artes – Ministério da Cultura.
Esta Exposição foi elaborada pelo trabalho de muitos alunos no âmbito das várias disciplinas daquele Curso de Música da UMinho que organizaram e distribuíram o material disponibilizado pelas diversas vitrinas expositoras, nomeadamente os alunos do 1º e 2º anos de História da Música e Análise IV e Estudos Musicológicos II e IV.
Do Espólio da Casa da Casinha reuniu-se material sobre a vida e obra do Maestro Joaquim dos Santos, material seleccionado e escolhido por Nuno Costa, amigo pessoal de Joaquim dos Santos, e cedido por Maria dos Santos, irmã do compositor. Do espólio pessoal de Nuno Costa também constou um grande número de artigos diversos. Contribuiu, também, o Padre Doutor Luís Esteves com o seu material adquirido ao longo de vários anos de amizade com o Maestro; o Professor Doutor João Duque, bem como a Banda Cabeceirence, Igreja Matriz de Ponte de Lima e a Associação Manuel Faria também fizeram parte deste belo projecto que foi, de facto, a Exposição Biográfica sobre Joaquim dos Santos… In Memoriam…
Ao longo das próximas semanas serão exibidos, aqui, todos os capítulos que compuseram a Exposição in memoriam Joaquim dos Santos (1936-2008).
Para quem não teve a oportunidade de a visitar, fica aqui uma pequena amostra do trabalho realizado pelos alunos do Curso de Música da Universidade do Minho.
Será importante referir que algumas informações, que são coligidas pelos alunos responsáveis de cada expositor, têm como fonte o trabalho, acerca da vida e obra de Joaquim do Santos, realizado por Carla Simões – até à data o trabalho académico mais completo que existe deste compositor. Esta referencia deve-se ao facto de serem reproduzidas várias partes da obra de Carla Simões durante esta Exposição “digital”.
De notar que as informações descritas em cada expositor não são, de todo, completas e não abarcam, de modo algum, toda a vida e obra deste Compositor. Naturalmente, deve dizer-se que, porventura, serão as informações mais completas que estão, também agora, à disposição do público da web.
Organização:
http://www.musica.reitoria.uminho.pt/

Apoio financeiro:http://www.dgartes.pt/


http://www.bomfim.org/

sábado, 1 de agosto de 2009

e-mail casadacasinha | Pedidos de obras do Maestro Joaquim dos Santos…

Quando foi criado este blog também foi feita uma caixa de correio electrónico estritamente relacionada com o conteúdo desta página. (o endereço encontra-se sempre na barra lateral)

Assim sendo, o e-mail casadacasinha@gmail.com é próprio para pedir informações de qualquer género acerca da obra do Maestro Joaquim dos Santos. Através deste e-mail também poderão ser disponibilizadas obras musicais do Maestro. Para isso basta que se entre em contacto e, depois de feita a análise a cada pedido, proceder-se-á à entrega do mesmo.

gmail