domingo, 17 de janeiro de 2010

In memoriam… Joaquim dos Santos | UMinho

Maestro Joaquim dos Santos, Piazza Navona - 2006

Com a estreia do Te Deum, escrito em 1995 e dedicado ao Senhor Arcebispo de Braga, D. Eurico Dias Nogueira, encerrou-se este Ciclo de Concertos encetado em Maio de 2009.

De facto, foram momentos intensos onde muitas pessoas se cruzaram e ficaram a conhecer mais um pouco da obra do Pe. Joaquim dos Santos. Os esforços da Universidade do Minho foram, e creio que serão, compensáveis. Naturalmente, à cabeça de tão honorífico projecto Joaquim dos Santos, in memoriam, que incidiu nas mais diversas facetas do nosso Maestro, esteve a Dra. Elisa Lessa. Desde a música para os mais pequeninos, belíssima e de intocável qualidade, até a obras com intensa profundidade religiosa que muito dizem dos talentos do Sacerdócio que o Pe. Joaquim dos Santos recebeu e que teve sempre muito enraizados; uma fé inabalável que sempre se mostrou na sua forma de expressão mais natural, a música.

Claro que o Ciclo terminou… mas na realidade, aguardo ansiosamente pelos próximos concertos com a Música do Maestro Joaquim dos Santos…

Powered by eSnips.com

Coro e Orquestra da UMinho sob direcção de Vítor Matos.

Excertos do Te Deum - “In gloria Dei Patris” e “Judex crederis”

Em breve, um vídeo com o concerto completo…

dsArtes...

ILCH UMinho

 

 

 

 

 

Ciclo de Concertos Joaquim dos Santos

sábado, 16 de janeiro de 2010

O maestro Vítor Matos faz parte daquele grupo reduzidíssimo de músicos que o são na sua essência, ou seja, não desvaloriza uma partitura desconhecida, não desvaloriza uma semínima que aparece no decorrer da obra e que não aparenta um brilho de virtuosismo, não se deixa guiar pelos gostos de uma crítica musical duvidosa e, muito provavelmente, mal formada; o maestro Vítor Matos agarra as notas que pairam por ali falsamente incompreendidas e, com a energia e garra que um verdadeiro líder deve ter, mostra-nos o lirismo e força interior da música verdadeiramente bela do Padre Joaquim dos Santos… assim foi esta noite na estreia do Te Deum laudamos…

Querem saber se foi perfeito? Não. Mas fez-se música, muita música.

Todo o departamento de música da Universidade do Minho está de parabéns, mas parabéns é muito pouco, algo mais é mas eu não sei transcrever, agora, por palavras… No que concerne à apresentação de música em público, é mais do que um exemplo para muitos departamentos de música que existem neste país(zinho).

Por hoje deixo este artigo consagrado à cara de um concerto, o seu maestro; num futuro próximo farei, com a devida justiça, a referência a todos os intervenientes deste singular ciclo de concertos que, espero, se torne cada vez mais plural…

Ver programa de concerto

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

algo (alguém) me diz que esta obra, completamente desconhecida, é simplesmente espectacular… será apresentada hoje em concerto… de que estamos à espera?

te.deum.15.de.janeiro.2009.igreja.são.  lázaro.braga.às.21h30


Ver mapa maior

Braga, Avenida da Liberdade à direita, São Lázaro no centro, Hospital Distrital de Braga à esquerda… A Igreja de São Lázaro deve ser algures por aqui… (andem com o google map e vejam!)

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Te Deum | Coro e Orquestra | UMinho

É com especial alegria que se escreve este artigo. A Universidade do Minho, no seguimento do projecto Joaquim dos Santos, In memoriam…, promove mais um concerto com a sua música.

A primeira fase deste projecto teve o seu raio de acção durante os meses de Maio, Junho e Julho. A segunda fase teve lugar em Novembro e agora em Janeiro, com o concerto onde se apresentou Fantasia Conventual para orquestra de sopros; o colóquio Do Sagrado na Arte com reflexões incidentes na obra de Joaquim dos Santos e sexta-feira mais um concerto será apresentado com uma obra que figura como verdadeira acção de graças neste momento das actividades relacionadas com o Maestro… Te Deum Laudamus – Nós vos louvamos ó Deus…

Igreja de São Lázaro (Braga)

15 de Janeiro| 21:30h (sexta-feira)

 

excertos do Messias | Händel

Te Deum | Joaquim dos Santos

 

Coro e Orquestra Académica da Universidade do Minho

Vítor Matos direcção

Não tenho a certeza mas se esta não for a primeira audição da obra… será a segunda…

É obrigatório estar presente!

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Do Sagrado na Arte – conferências e concerto…

Como é sabido, nos dias 8 e 9 teve lugar no Edifício dos Congregados (Braga) o Colóquio do Sagrado na Arte, em boa hora promovido pela Universidade do Minho, departamento de Música.

No que respeita ao Maestro Joaquim dos Santos, este Colóquio ficou marcado pelas intervenções de Celina Martins com o tema Duas obras para órgão de compositores bracarenses: O Tríptico para órgão de Manuel Faria e a Improvisação para órgão de Joaquim dos Santos, a intervenção de Tadeu Filipe com o tema Uma obra para Órgão Ibérico do Padre Joaquim dos Santos: Prelúdio, Ricercare e Corale e com a intervenção de Nuno Costa (eu!) com o tema A Paixão na obra de Joaquim dos Santos, a Paixão no século XX em Portugal.

Do Sagrado na Arte

Penso que os objectivos do Colóquio foram atingidos e ouvir algumas das intervenções de outros oradores representou vários momentos de alta qualidade na discussão que ali se pretendia. Tanto pela parte de ouvinte como de orador, este Colóquio foi, para mim, uma experiência extremamente enriquecedora. Bem-haja a Universidade do Minho que, na pessoa da Dra. Elisa Lessa, promoveu tal evento.

Igualmente importante, foi o concerto que teve lugar a seguir ao Colóquio. Como referenciou o compositor António Pinho Vargas, é tão importante fazer um colóquio sobre música como apresentar e ouvir também a música! Não basta falar dela. Nesse sentido, pudemos ouvir a belíssima obra do compositor Eurico Carrapatoso Magnificat em Talha Dourada que teve a interpretação fabulosa da Orquestra mas sobretudo do Coro de Câmara da Licenciatura em Música da UMinho. Magnificat

No dia anterior à interpretação da obra de Carrapatoso, o pianista Ângelo Martingo apresentou-se num momento musical com uma obra do Pe. Joaquim dos Santos. “Servite Domino in Laetitia: Impressões Bíblicas para Piano” (2007). É muito bom que esta obra tenha sido apresentada novamente… pelo que sei, pelo menos já foi tocada 4 vezes em público e já tem uma gravação áudio de extrema qualidade realizada por Ângelo Martingo.

Site oficial do Colóquio

Programa de “Momento Musical” – Ângelo Martingo

Programa de “Magnificat em Talha Dourada”

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Do Sagrado na Arte | Programa

Entrada Livre (mas com inscrição obrigatória)

Data limite de Inscrição: 7 de Janeiro de 2010

Ficha de Inscrição no Colóquio (hiperligação)

site oficial

Do Sagrado na Arte

Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

Salão Nobre I Edifício dos Congregados

15:00h

  • Sessão de abertura

Presidente do Instituto de Letras e Ciências Humanas

Direcção do Centro de Estudos Humanísticos

Direcção do Departamento de Música do Instituto de Letras e Ciências Humanas

 

15:30h

  • Conferencia de abertura

Manuel Curado (Universidade do Minho)

jmcurado_@ilch.uminho.pt

A Política de Deus.

 

16:15h

  • Momento Musical

Ângelo Martingo - piano

16:30h

Pausa

 

16:45h

Auditório dos congregados do Edifício dos Congregados

Ivan Moody

ivanmoody@gmail.com

Reflexões sobre a estética da Ortodoxia e a Arte Contemporânea.

Albertino Gonçalves (Universidade do Minho)

albertino@ics.uminho.pt

A diabolização da experiência: O trágico e o grotesco nos vídeos musicais.

 

Sábado, 9 de Janeiro de 2010

Salão Nobre I Edifício dos Congregados

 

9:15h

Ângelo Martingo (Universidade do Minho)

angelomartingo@ilch.uminho.pt

A densidade do imaterial: experiências intensas mas de dimensões musical e religioso.

Amparo Monteiro (ESE Coimbra)

macarvasm@gmail.com

A Iconografia sacro-musical em Coimbra.

 

10:00h

João Duque (Universidade Católica)

joaoduque@mailtelepac.pt

Metamorfoses do sagrado na Cultura Contemporânea - desafios ao cristianismo e à sua música.

Tadeu Filipe (Universidade de Aveiro)

tadeufilipe@hotmail.com

Uma obra para Órgão Ibérico do Padre Joaquim dos Santos: Prelúdio, Ricercare e Corale.

Celina Martins (Universidade de Aveiro)

celinatm@ua.pt

Duas obras para órgão de compositores bracarenses: O Tríptico para órgão de Manuel Faria e a Improvisação para órgão de Joaquim dos Santos.

11:20h

Pausa

 

11:45h

Vergílio Melo

vmelo@ua.pt

Uma obra de inspiração bíblica: circuitos.

Nuno Costa

nunofariacosta@gmail.com

A Paixão na obra de Joaquim dos Santos, a Paixão em Portugal no século XX.

13:15h

Pausa

 

15:00h

António Pinho Vargas

apinhovargas@sapo.pt

Sobre Judas (secundum Lucam, Joannem, Mattaeum et Marcum).

 

16:00h

Elisa Lessa (Universidade do Minho) e finalistas do Curso Licenciatura em Música - área de Ciências Musicais [2007 - 2010]

elisalessa@ilch.uminho.pt

Eurico Carrapatoso: um caso singular na cultura portuguesa contemporânea.

 

16:30h

  • Encerramento do colóquio

 

18:00h

Igreja do Mosteiro de São Martinho de Tibães

  • Concerto

Magnificat em talha dourada de Eurico Carrapatoso.

Do Sagrado na Arte – Música Sacra Contemporânea

Do Sagrado na Arte O Departamento de Música do Instituto de Letras e Ciências Humanas organiza, nos próximos dias 8 e 9 de Janeiro, no Edifício dos Congregados da Universidade do Minho, um colóquio internacional transdisciplinar dedicado à reflexão sobre as artes e o sagrado no pensamento pós-moderno. Organizado em torno de um plano de partilha e debate abrangente sobre diferentes dimensões do tema em questão, no campo da Musicologia, Filosofia, Estética e Sociologia da Arte, o evento evocará, em particular, a obra do compositor Joaquim dos Santos, figura destacada da Escola de Música Sacra Bracarense do século XX. O programa é ainda contemplado com a realização de dois concertos de música sacra. No dia 9, às 18.00, é possível ouvir na Igreja do Mosteiro de S. Martinho de Tibães Magnificat em Talha Dourada de Eurico Carrapatoso e, no dia 15, às 21.30, na Igreja de S. Lázaro, Te Deum de Joaquim dos Santos.

Objectivos:

. Debater a questão “Do Sagrado na Arte – Música Sacra Contemporânea” enquanto objecto de pesquisa transdisciplinar.

. Rupturas da modernidade e novas visões entre as artes e o sagrado.

. Difundir a produção musical sacra contemporânea em Portugal.

. Reflectir, em particular, sobre a obra do compositor Joaquim dos Santos.

. Propiciar uma interacção entre alunos de Ciências Musicais com investigadores em Ciências Humanas e Sociais, Musicólogos e Compositores.

Entrada Livre (mas com inscrição obrigatória)

Data limite de Inscrição: 7 de Janeiro de 2010

Ficha de Inscrição no Colóquio (hiperligação)

site oficial

sábado, 2 de janeiro de 2010

Depoimentos | Exposição | UMinho

Anteriormente adiada neste blog devido a razões que me pareceram legítimas, inicia-se, agora, a publicação da Exposição Biográfica do nosso Maestro… uma espécie de Exposição virtual…

À entrada podiam ler-se os testemunhos de alguns amigos do Maestro Joaquim dos Santos…

Maria Gonçalves dos Santos; Amadeu Torres; Ana Telles; Valdemar Gonçalves; João Manuel Duque; Nuno Costa

 Quadro de depoimentos I - D. Maria dos Santos e Castro Gil

pormenor... Maria Gonçalves dos Santos 

 

 

 

pormenor... Amadeu Torres

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quadro de depoimentos II - Ana Telles e Valdemar Gonçalves

pormenor... Ana Telles

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pormenor... Valdemar Gonçalves

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quadro de depoimento III - João Duque

pormenor... João Duque

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quadro de depoimento IV - Nuno Costa

pormenor... Nuno Costa