quarta-feira, 29 de julho de 2009

Alguns vídeos disponíveis no youtube… música litúrgica/sacra

http://www.youtube.com/ Com as habituais fotos do Pe. Joaquim dos Santos, disponibilizaram-se, no youtube, algumas das obras anteriormente publicadas aqui no blog e que apenas eram acessíveis aos usuários desta página…

Assim sendo, mais público terá acesso a tais “documentos” e mais uma vez é a música do Maestro a trilhar novos caminhos…

Tomai, Senhor, e recebei ver artigo original

Lamentationes Jeremiae Prophetae (1/2) & Lamentationes Jeremiae Prophetae (2/2) ver artigo original

Levanto o meus olhos para os montes ver artigo original

Somos testemunhas ver artigo original

E assim é! Por agora são estas as peças a entrar no mundo youtube!

sábado, 25 de julho de 2009

Instituto Português de Santo António | Edições | Massimo Scapin

 Igreja de Santo António dos Portugueses A importância que o Instituto Português de Santo António em Roma teve na vida e obra de Joaquim dos Santos (e continua a ter) já foi, várias vezes, tema deste blog. O Jubileu do milénio coincidiu com o início do “jubileu” do Maestro Joaquim dos Santos em Itália…

Engane-se quem pensa que a Igreja Nacional Portuguesa em Roma é apenas mais uma no meio de tantas outras, não fosse Roma a cidade do mundo com mais igrejas. Santo António dos Portugueses é de facto apenas uma das quatro instituições em Roma que mais actividades culturais promove. Goza, assim, de um merecido reconhecimento e respeito na capital italiana. Este ano, a casa das 70 actividades, desde conferências, exposições e claro está, concertos, foi ultrapassada.

Mas nem só de eventos visíveis viveu a música de Joaquim dos Santos em Roma! O IPSAR é responsável por um trabalho de extrema importância no que diz respeito à redacção de partituras.

Através do Maestro Massimo Scapin, várias obras do Padre Joaquim dos Santos foram, oportunamente, trabalhadas ao nível da edição informáticaMaestro Massimo Scapin. Como se costuma dizer: passadas a computador. A início isto permitiu a realização das partes cavas de cada obra tornando a sua execução mais fácil mas, devido à extrema qualidade de edição por parte do Maestro Massimo Scapin, estes trabalhos ganham a possibilidade de uma edição pública, assim estejam as condições reunidas para tal procedimento.

O magnífico trabalho de Massimo Scapin não se ficou pela edição de algumas das partituras de orquestra. Para as obras corais que redigiu fez também reduções para piano/órgão de altíssima qualidade. Bem haja o trabalho de músicos verdadeiramente completos como o referido Maestro.

Obras orquestrais de Joaquim dos Santos editadas por Massimo Scapin:

http://www.myspace.com/massimoscapin

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Concerto de homenagem | Música Sacra/Litúrgica

Joaquim dos Santos e sua irmã no estúdio da Casa da Casinha, 2007 Como já foi referido no anterior artigo, no passado dia 11 fez-se um concerto de homenagem a Joaquim dos Santos em Cabeceiras de Basto.

Concerto realizado pelo Coral de Chaves, Coro Capela das Almas de Cerva, Cláudio Moreira na trompa e Tiago Ferreira ao órgão sob direcção de Nuno Costa. Todos os arranjos para a trompa são da responsabilidade de Nuno Costa.

A gravação não tem a melhor captação de sempre e a interpretação não será a mais perfeita que algum dia se fez mas aqui há música verdadeiramente vivida… 

Amadores amam, acima de tudo, amam o que cantam…

Powered by eSnips.com

Ant. Levanto os meus olhos para os montes, donde me virá o auxílio. O meu auxílio vem do Senhor que fez o céu e a terra, que fez o céu e a terra.

Ref. O Senhor nos dê a sua bênção resplandeça sobre nós a luz do seu rosto.

1. Os povos vos louvem ó Deus, todos os povos Vos louvem. Na terra se conhecerão os vosso caminhos e entre os povos a vossa salvação.

 

Ref. Tomai, Senhor, e recebei a vós confio a minha vida. Tomai, Senhor, e recebei.

1. Tomai, Senhor, a minha liberdade e recebei o mundo e a verdade, de quem se entrega à vossa majestade.

 

Ref. Somos testemunhas do mundo novo, renovai Senhor a face da terra.

1. O espírito de Deus é fogo de amor vivo, mantém secreta chama de caridade ardente.

Coral de Chaves & Coro Capela das Almas:

Sopranos: Cecília Teixeira; Conceição Esteves; Cristina Monteiro; Fátima Torre; Helena Teixeira, Leonor Moura; Magda Teixeira; Manuela Rosinha; Maria José Teixeira; Mariana Borges; Natividade Ribeiro; Ofélia Teixeira; Contraltos: Adozinda Oliveira; Céu Martins; Cristina Marques; Florinda Carneiro; Geraldina Rodrigues; Laura Bastos; Lurdes Gonçalves; Matilde Rodrigues; Margarida Viegas; Mónica Fernandes Lourenço; Rosa Campos; Tenores: Ângelo Costa; Carlos Paradela; Dinis Gomes; Domingos Bastos; Gilberto Monteiro; José Esteves; Baixos: Alberto Pipa; António Botelho; Fábio Videira; Filipe Silva; Domingos Pires; João Martins; Nuno Costa

De notar que ambos os Coros já há muito que praticam a música do Pe. Joaquim dos Santos. Devido à efemeridade da data fez-se agora este concerto mas outros houve; em Setembro de 2008, o Coro Capela das Almas apresentou-se em Encontro de Coros com repertório constituído quase na sua totalidade por obras de Joaquim dos Santos; o Coral de Chaves protagonizou duas homenagens relevantes, sem contar com peças soltas que faz em diversas ocasiões, organizou o Concerto de Páscoa 2009 que foi dedicado à memória de Joaquim dos Santos, a segunda parte do XIV Encontro de Coros da Cidade de Chaves foi dedicada à sua música e agora este Concerto em Cabeceiras de Basto…

domingo, 12 de julho de 2009

Concerto de Homenagem | Cabeceiras de Basto

Ontem realizou-se um Concerto de Homenagem ao Pe. Joaquim dos Santos na sua terra natal. Desculpe-me quem me disser o contrário mas o concerto de ontem teve um alto nível musical e humano, como ninguém esperava...

Apenas se abordou a música sacra/litúrgica de Joaquim dos Santos, é certo, mas abordou-se com uma excelência que apenas alguns coros amadores dedicados à música litúrgica se podem gabar. Poucas são as pessoas que podem atestar a verdade deste facto pois nunca estive num concerto com tão pouca gente… Não quero fazer uma leitura demasiado alargada a este pormenor de tão poucos cabeceirenses terem ido ao Concerto, cada um sabe de si, mas penso que um cartaz cultural realizado por amadores não terá a força cativante de uma cartaz culturalíssimo do grandiosíssimo artista nacional português José Cid e de uma quantidade razoável de ranchos folclóricos, que para mal de tal Concerto de Homenagem a Joaquim dos Santos esteve algures no recinto de Cabeceiras de Basto a animar quem achou por bem ir. Quanto aos ranchos não sei mas ainda bem que o José Cid apenas começou pouco depois do Concerto de Homenagem ter terminado… Mesmo assim ficou a bela música do Mosteiro para quem a decidiu ouvir.

Este Concerto contou com a preciosa participação dos jovens músicos Cláudio Moreira e Tiago Ferreira. O Cláudio encheu o mosteiro com o seu magnífico som tirado da trompa. Este instrumento aliado à brilhante musicalidade do Tiago no órgão proporcionou momentos verdadeiramente mágicos com a música do Pe. Joaquim dos Santos. Sim, sou suspeito… deviam lá ter estado e percebiam.

Naturalmente, as vozes do Coral de Chaves e do Coro Capela das Almas demonstraram muito bem que amadores amam, acima de tudo, amam o que cantam. Todo o ambiente que envolveu o Mosteiro foi digno de enriquecimento cultural do público atento que teve a bondade de se deslocar a tal evento. O amor à música ficou bem explícito nas vozes de todos aqueles que, semanalmente, se sujeitam a duros ensaios e que apenas têm recompensas evidentes nos sorrisos de um público que aprova o que ouve. E ontem, volto a repetir, fez-se música. Ah… depois do Concerto de Homenagem, quem quis, até pôde ir ao José Cid, de facto em relação aos ranchos penso que teriam que escolher entre o Concerto e os mesmos!… Pronto... não tem mal!

Coral de Chaves & Coro Capela das Almas (Cerva)

Cláudio Moreira trompa Tiago Ferreira órgão Nuno Costa direcção

Todos os arranjos para trompa são da autoria de Nuno Costa. O programa musical foi o seguinte:

1 ano de www.maestrojoaquimdossantos.blogspot.com

Faz precisamente hoje 1 ano que começou esta aventura da criação de um blog à memória do meu amigo Dr. Santos. Mais difícil do que a criação em si, o grande desafio está na continuidade mas passado 1 ano penso que tem valido a pena todo o esforço e empenho colocado nesta página da web.

Esta página surgiu precisamente com a partida do Dr. Joaquim dos Santos. Nunca, em vida sua, me ocorreu tal…criar uma página para a divulgação do seu nome! O bom amigo Francisco Dias lançou-me este desafio pouco tempo depois dos demais acontecimentos que levaram o Dr. Santos a partir… estava eu em Roma… na segunda “aldeia” do Maestro… e assim foi. Um desafio que começou e continuará por mais algum tempo…

Um enorme obrigado a todos que têm seguido com interesse este tema Joaquim dos Santos

sábado, 11 de julho de 2009

Autarquia de Cabeceiras de Basto atribui nome do compositor Cabeceirense ao novo Centro Escolar

Autarquia atribui nome do compositor Cabeceirense Padre Dr. Joaquim Santos ao novo Centro Escolar

Deliberação na Reunião de Executivo do dia 9 de Julho de 2009

Futuro Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos - RefojosSob a presiência do Engº Joaquim Barreto, reuniu a 9 de Julho, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. Dos assuntos tratados, o destaque vai para a decisão do executivo municipal em atribuir o nome do compositor Cabeceirense Padre Dr. Joaquim Santos ao novo edifício do Centro Escolar de Refojos de Basto.

Uma homenagem que assinala a passagem do primeiro aniversário da sua morte e que se junta a outras já prestadas pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em vida, de que destacamos a atribuição da Medalha de Mérito Concelhio – grau ouro, em 1999.
De referir, que Joaquim Gonçalves dos Santos, nasceu em Cabeceiras de Basto, em 13 de Abril de 1936. Filho e neto de exímios tocadores de guitarra, flauta transversal e harmónica, cedo despertou para a música. Estudou no Seminário de Braga e logo após a sua ordenação sacerdotal foi nomeado professor de música, frequentando simultaneamente o Conservatório da cidade nas áreas da Composição, Solfejo e Canto.
Mais tarde estudou em Itália tendo-se licenciado em Canto Gregoriano e Composição e completado os Cursos de Órgão e de Direcção e Interpretação Polifónica.
Desde muito jovem se dedicou à composição, e os seus trabalhos para órgão, piano, violino, dois pianos e coro, oratório para cinco solistas, coro e orquestra, piano e orquestra, violino e orquestra, clarinete e orquestra de sopros, violoncelo e orquestra de sopros, entre outros, deram origem a inúmeros concertos nas salas do Pontifício Instituto di Musica Sacra, em Roma.
Regressado a Portugal exerceu a sua actividade musical no Seminário Conciliar de Braga e depois no Colégio Arquidiocesano de Cabeceiras de Basto – Externato de S. Miguel de Refojos, bem como na Escola EB 2,3 de Cabeceiras de Basto. Foi professor de muitos Cabeceirenses a quem incutiu o gosto pela música. Leccionou, ainda, na Escola Superior de Fafe, no Instituto Superior de Teologia de Braga e no Seminário Diocesano de Braga. Foi também orientador de Estágios de inúmeros Professores de Educação Musical.
A sua produção é abundante e variada, tocando os vários sectores da arte musical, desde a recolha e harmonia de canções populares, passando por canções didácticas para piano e/ou instrumentarium Orff, composições para banda, coro e banda, música de câmara, até à música sinfónica e coral-sinfónica.
O Padre Doutor Joaquim Santos foi professor, músico e compositor brilhante e genial que produziu uma vasta obra apreciada a nível nacional e internacional. Colaborou de uma forma muito dedicada com a Banda Cabeceirense da qual foi dirigente, assumindo mesmo, em determinada altura, a condição de maestro tendo ensaiado e dirigido actuações. Foi também o compositor das peças musicais que orquestrou e a que juntou as vozes, interpretadas pela Banda nas missas.
Trata-se por isso, de um ilustre Cabeceirense que contribuiu grandemente para o desenvolvimento educativo do concelho e que, em vida, muito honrou, continuando a honrar, após a sua morte, através da obra que deixou, esta terra de Basto.
Apesar das várias homenagens de que já foi alvo, a Câmara Municipal, considerou como um acto de justiça, honrar a sua memória designando o novo equipamento educativo que está em construção na vila de Cabeceiras de Basto, de Centro Escolar Padre Dr. Joaquim Santos, e dessa forma reconhecendo, mais uma vez, a sua acção preponderante no campo do ensino, facto que muito orgulha este concelho.
De referir ainda que esta distinção da Câmara Municipal, se associa também a outras acções que estão em curso em Cabeceiras de Basto, apoiadas pela Autarquia, no âmbito da comemorações do primeiro aniversário da sua morte.
A atribuição do seu nome ao referido equipamento escolar, que se encontra numa fase adiantada de construção, representa por isso, o reconhecimento devido a uma personagem célebre do concelho, homem simples, mas intelectualmente dotado de uma capacidade singular, que muito prestigiou, prestigia e continuará a prestigiar Cabeceiras de Basto e as suas gentes.

ver na página oficial do município

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Concerto | Cabeceiras de Basto | 11 de Julho 2009

A paróquia de São Miguel de Refojos, na pessoa do seu pároco Pe. Fernando Castro, promove e acolhe o próximo concerto de homenagem ao Maestro Joaquim dos Santos.

Dia 11 de Julho às 21.30h no Mosteiro da vila de Cabeceiras de Basto, o Coral de Chaves apresentará Pe. Dr. Joaquim dos Santosum programa musical com obras do Padre Dr. Joaquim dos Santos. Um programa que visa a vertente de música sacra/litúrgica assumida pelo compositor com alma de sacerdote.

Este concerto contará com a participação de um pequeno grupo litúrgico que nunca descurou a música do Dr. Joaquim dos Santos – Grupo Capela das Almas de Cerva.

Será um momento singular onde a obra de um expoente da nossa música sacra será interpretada pelas pessoas que, de certa forma, viveram perto do seu autor.

Sábado11 de Julho de 200921h30Mosteiro de Refojos – Cabeceiras de BastoCoral de Chaves & Coro Capela das Almas Música Sacra/LitúrgicaJoaquim dos Santos

Entrada Livre

Antes do Concerto haverá uma Celebração Eucarística às 18h presidida pelo Bispo de Vila Real D. Joaquim Gonçalves.

Artigo relacionado com este evento 1            

Artigo relacionado com este evento 2

domingo, 5 de julho de 2009

Ciclo de Concertos Joaquim dos Santos | UMinho

Maestro Joaquim dos Santos na Piazza Navona (Roma)

Terminou ontem, na cidade de Braga, a primeira fase do ciclo de concertos em memória do Maestro Joaquim dos Santos, promovido pelo curso de Música da Universidade do Minho.

No epílogo desta primeira fase posso dizer que as actividades (exposição/concertos) tiveram pontos de indiscutível qualidade. Naturalmente, nem tudo foi perfeito, mas assim é no decorrer das nossas vidas. Ficam na memória os grandiosos e bons momentos de música portuguesa que a UMinho, em boa hora, decidiu atacar…

Novo desafio espreita e o mês de Novembro, que enceta a segunda fase de Concertos, promete ser de alto nível. A música sacra de Joaquim dos Santos, e de mais compositores, estará em total evidência. Música coral-sinfónica, música sinfónica de cariz religioso, música para ensemble e voz solo, música coral a cappella ou acompanhada com órgão… um bom número de obras sacras que poderão ser apresentadas e algumas delas ainda inéditas…

Ficamos a aguardar novos desenvolvimentos e, acima de tudo, esperamos que um público sensível e investidor esteja decidido a vencer os demais preconceitos criados à volta da música composta nos séculos XX e XXI…

www.musica.reitoria.uminho.pt

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Concerto | UMinho | 04/JUL | Parque de Exposições de Braga

http://www.peb.pt/

No próximo sábado, pelas 21.30h, terá lugar mais um concerto dedicado à  música do Maestro Joaquim dos Santos. Este será o último desta primeira fase dedicada à música “profana” do compositor, que abarcou os meses de Maio, Junho e Julho.

Sábado, dia 4 de Julho pelas 21.30h no Grande Auditório do Parque de Exposições de Braga

 

Orquestra da UMinho sob direcção de Vítor Matos

Entrada: Público em geral - 10€ . Estudantes 5€

Auditório do Parque de Exposições de Braga

*primeira audição portuguesa

Neste concerto também vão ser tocadas obras de Joly Braga Santos