sábado, 23 de maio de 2009

Casa da Casinha …berço de pedra…

Inscrição à entrada da casa do Maestro Joaquim dos Santos

No ano de 1999 mais uma singela homenagem, daquelas pessoais que não são anunciadas com pompa e circunstância, era feita ao Padre Dr. Joaquim dos Santos.

Um poema alusivo à casa onde habitou o Compositor com sua irmã e onde habitaram seus avós e pais…


Em berço de pedra, o rumor da água

Abre a casa à luz, une-a com a Serra,

Colhe as cores da fragata e tudo reconduz.

Ao som – das ideias, da fé, das paixões,



Da morte, da vida – No pulsar das veias,

Pleno de invenções, mora a poesia.

A arte supera as rugosidades

Íntimas do tempo, quando, em folha austera,



Guarda as claridades do encantamento.

Ó ser criador, a raiz acesa

Que te ergue a mão, herdou o fulgor

Da mãe natureza que recobre o chão!


Da mão do professor José Machado surgiu esta singela poesia que, de forma tão perspicaz, descreve muito bem o ambiente que envolveu o Maestro nas suas horas de criação, convívio e oração na Casa da Casinha.

Joaquim dos Santos, Casa da Casinha - 2007

Casa da Casinha Casa da Casinha

Casa da Casinha