quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Bracara Augusta |Revista

Separata da Revista Bracara Augusta_1984
Em 1984 foi publicado um artigo do Maestro Joaquim dos Santos na Separata da Revista BRACARA AUGUSTA. Um artigo sucinto que contém notas breves sobre história e compositores do século XVI com respectivas referencias musicais.
A musicalidade de Joaquim dos Santos é igualmente visível na escrita…
Desde os mimos e histriões – com sua origem no teatro romano de onde se irradiaram para todo o Império – divertindo o povo e agradando aos reis com seus ditos e habilidades, aos trovadores e jograis – de classe nobre e mesmo real, ou plebeia – vai nascendo um fiozinho de água que através dos séculos, desde a alta à baixa Idade Média, se vai transformando num crescente caudal a desaguar no magnífico estuário do Renascimento.
Não é fácil decifrar-se, no que à música diz respeito, onde começa e onde termina a Idade Média.
De qualquer modo esta não pode ser considerada uma idade de trevas.
O escrito continua com referencias, interessantes, a compositores, portugueses e estrangeiros, bem como a notas históricas sobre a situação musical portuguesa deste período.