segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Torre della Scimmia | Clarinete Solo | Estórias…

Torre della Scimmia - em cima, do lado direito encontra-se a imagem de N. Senhora.

Na semana passada esteve em evidência a obra “Torre della Scimmia” para clarinete solo, dedicada ao clarinetista Vítor de Matos. Quando houver possibilidade, uma gravação será disponibilizada neste site mas entretanto fica aqui uma explicação do nome da obra… Ouvida por mim algumas vezes na Casa da Casinha e mesmo em frente à torre…da boca do Dr. Joaquim dos Santos. Aqui fica…

Torre della Scimmia (torre da macaca) é um edifício medieval que se encontra no centro histórico de Roma, junto à Igreja de Santo António dos Portugueses, na via dei Portoghesi.

Segundo o conto popular romano consta que nessa torre vivia uma família abastada que tinha uma filha pequenina e um animal de estimação muito particular…uma macaca.

Um dia, a mãe saiu de casa (da torre que ainda hoje é habitável) para fazer as suas compras, deixando em casa a pequena filha com a macaca, que era um animal amigável. Quando voltava dos seus afazeres viu que no alto da torre estava a macaca com a sua criança ao colo... Invadida pelo tremendo medo de ver a macaca deixar cair a menina do alto da torre, ali mesmo, promete e reza à Mãe de Deus – se conseguir que a sua filha fique a salvo erguerá uma estátua em sua honra e acenderá, para todo o sempre, uma vela em louvor pela ajuda agora pedida. Assim aconteceu, a macaca não deixou cair a menina, ficando esta a salvo e, em louvor deste acontecimento, foi erguida a estátua onde, todos os dias e noites, uma luz acesa ficou.

A promessa ainda hoje é respeitada e todos os dias e noites há uma luz junto à estatua de Nossa Senhora no cimo da torre que ficou com o nome do animal doméstico…macaca “Scimmia”.

Torre della Scimmia - com a luz da antiga promessa ainda acesa.