quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Recital no Instituto Franco-Português

Vítor Matos

Foi ontem às 19h. Vítor Hugo Matos e Ângelo Martingo apresentaram-se em Lisboa com um programa bem variado e, nas palavras do locutor da Antena 2, “nada habitual nas salas de concerto”…isto por causa da música contemporânea… Não há problema porque, pela resposta do público, pareceu-me que a parte nada habitual constituiu um sucesso.

Estão de parabéns o clarinetista Vítor Hugo Matos e o pianista Ângelo Martingo.

Incontornavelmente, aquele momento em que se anuncia a obra Torre della Scimmia, commento musicale da un racconto romano do Ângelo MartingoMaestro Padre Joaquim dos Santos foi de sensações muito fortes que não têm qualquer descrição. Logo de seguida é executada a obra e, igualmente, faltam as palavras para tudo o que envolveu tais momentos.

A execução de altíssima qualidade mostrou-nos uma obra coesa, de maturidade, de uma força simultaneamente lírica e delicada, agreste e instável. Os contrastes dinâmicos entre o mais piano de todos até ao fortíssimo descrevem muito bem as aflições e alegrias que se vivem no conto romano…

Em conversa com um amigo fica algo:

“É o topo da carreira quanto à divulgação e qualidade de execução”…

Instituto Franco Português, site