quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Encomendação das Almas: “Acorda, acorda Pecador”

Como não podia deixar de ser, o mês de Novembro é marcado pela forte celebração dos fiéis defuntos. Celebração que, de uma forma ou de outra, marca toda a gente, crente ou não crente; porque se uns acreditam que a morte é apenas o fim da vida e que depois desta nada acontecerá, outros olham para a morte como uma verdadeira passagem, ainda que dolorosa para quem fica a ver os que passam… mas todos sofrem quando se tem de viver a morte de uma pessoa querida e amada.

Acorda, acorda pecador é uma canção recolhida em Trás-os-Montes pelo Pe. Joaquim Albertino da Costa e posteriormente transcrita e harmonizada pelo Pe. Dr. Joaquim dos Santos.


Acorda, Acorda pecador
Emenda-te do pecado
Que podes adormecer
No inferno sepultado.
Seja pelo amor de Deus.

Ó almas que estais dormindo
Porque é que não rezais?
Lembrai-vos que já lá tendes
Vossas mães e vossos pais.
Seja pelo amor de Deus.

As almas do purgatório
Umas choram, outras cantam.
Rezai-lhe uma Avé Maria
Pelo eterno descanso.
Seja pelo amor de Deus.

Arranjo para 3 vozes mistas que encerra em si a força de muitas outras vozes que, numa visão mais metafísica, já não cantam nesta vida. Só ouvindo e cantando é que se entende como o Maestro Joaquim dos Santos foi um grande mestre no tratamento da voz. Composição de extrema simplicidade que, no seu conjunto, é  de uma grandiosidade arrebatadora.

Interpretação do Coral de Chaves e Coro Capela das Almas de Cerva sob direcção de Nuno Costa. A introduzir tão belo canto popular ao som da trompa esteve Cláudio Moreira. Gravado ao vivo no dia 11 de Julho de 2009 – Mosteiro de São Miguel de Refojos, Cabeceiras de Basto. Concerto de Homenagem a Joaquim dos Santos.

Artigos relacionados:

Canção Popular de Encomendação das Almas: “Pecador Adormecido” – Novembro de 2008 (partitura)

Concerto de Homenagem a Joaquim dos Santos - 11 de Julho de 2009 (artigo)

Concerto de Homenagem a Joaquim dos Santos – 11 de Julho de 2009 – Mosteiro de São Miguel, Cabeceiras de Basto (para ouvir música)

Tem sido norma, neste blog, publicar canções de encomendações das almas associando estas sempre ao período de Novembro que coincide com o dia de Todos os Santos e de Fiéis Defuntos. Estas canções poderão facilmente ser associadas a estes dias mas o seu fundamento encontra-se no período da Quaresma. Estas canções eram entoadas ao final da tarde, provavelmente durante as trindades, dos dias que compõe a Quaresma e não propriamente do dia de fiéis defuntos…mas como já disse, a temática de tais canções justifica na perfeição estas publicações.