domingo, 5 de abril de 2009

Tempo da Quaresma | Cântico para a Liturgia

É o Tempo da Quaresma.
Já há muito que podia ter aproveitado este momento, dedicado à penitência, para publicar outro daqueles cânticos que considero um verdadeiro tesouro na música litúrgica portuguesa. Quando o Maestro aliava a simplicidade de recursos a movimentos melódicos extremamente expressivos resultava em cânticos como o que agora é dado a conhecer. Com um texto que tem o peso próprio dado pela Igreja Católica Romana, que traz em si a mensagem de remissão e confissão num tempo de penitência, a alma de sacerdote do nosso Maestro captou, com extrema eficácia, a música para o cântico que agora é dado a conhecer... Confesso o meu pecado. Simplicidade aliada a total expressão. 





Confesso o meu pecado
A Deus e aos irmãos.
Contrito e humilhado,
Ao céu levanto as mãos.

Abracei a lei do amor,
Suprema revelação,
E não amei o Senhor
Na miséria do irmão.

interpretação do Grupo Vocal Ançã-ble - 2008.

Cântico publicado no número 61 da Nova Revista de Música Sacra.



Outros cânticos para a Quaresma: Onde há caridade verdadeira | Desde a aurora vos procuro