sábado, 25 de abril de 2009

Cancioneiro Antológico III - ACAL

Já está disponível o terceiro volume do Cancioneiro Antológico da ACAL (Associação de Coros da Área de Lisboa). Preenchido por várias e diferentes obras corais, este cancioneiro, tem uma parte substancial dedicada à obra do nosso Maestro Joaquim dos Santos. Nos anteriores volumes também se podem encontrar obras suas que, num futuro próximo, serão devidamente mencionadas em artigos deste blog.
Comecemos pelo final: Cancioneiro Antológico III onde podemos encontrar verdadeiras pérolas corais da autoria do Maestro Joaquim dos Santos. Cantigas Populares e Ó ribeira, ó ribeira fazem a abordagem da música popular que o Maestro recolheu, transcreveu e harmonizou ao longo de várias décadas; oferecendo, depois, aos vários coros locais que regularmente apresentam as suas canções populares portuguesas. Outra obra extremamente bem concebida e conseguida é a harmonização/arranjo de Seis Canções de Zeca Afonso para solo e coro misto. Obras de uma qualidade intocável que se adaptam a qualquer formação vocal com um mínimo de sensibilidade e qualidade para a música coral.


Para adquirir este cancioneiro deve entrar em contacto através do e-mail: irmiranda34@gmail.com (Ivo Reis Miranda)
Aproveitando o momento desta publicação, dá-se a conhecer um dos belos exemplos que estão nesta edição ACAL: Canção de Embalar (Dorme meu menino) de José Afonso (Zeca Afonso) com arranjo para coro misto a 4 vozes do Maestro Joaquim dos Santos. Interpretação livre do Grupo Vocal Ançã-ble.


Outros autores publicados no Cancioneiro Antológico III (ACAL)
Anónimo, A. Cartageno, A. Siqueira, A. Vieira, António Leitão, Alfredo Teixeira,
Benjamim Salgado, Casimiro Silva, Filipe Pires, Frederico de Freitas, Humberto Castanheira, J. Croner de Vasconcellos, J. F. Morais Soares, Jaime Silva “Barcarena”, Joaquim Araújo P. Pinto, Joaquim Araújo P. Pinto, Luís de Freitas Branco, Mário de Sampayo Ribeiro, Manuel Tino, Miguel Carneiro, Nobre e Sousa, P. Maya dos Santos, R.Portela/Francesc Vila, Raposo Magalhães, Raposo Marques, Ruy Barral, Silveira Pais e Simão Barreto.
Cancioneiro ACAL II hiperligação para artigo
Cancioneiro ACAL I